top of page

Seminário promovido pelo Deputado Cobra Repórter marca mês de combate a violência de pessoas idosas


Acesse a matéria na íntegra aqui!




O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), autor da Lei 20.252/20, que criou no Estado do Paraná o Junho Violeta, mês de conscientização e prevenção contra a violência à pessoa idosa, informa que, para marcar o início das atividades a Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), da qual ele é o presidente, promove nesta sexa-feira (2), em Londrina, o 1º Seminário “FELIZ CIDADE DOS IDOSOS”.


O evento será realizado no Auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que fica na Rua Governador Parigot de Souza, nº 311, em Londrina. O objetivo é ouvir os cidadãos, os idosos, governos, parlamentares, conselhos municipais e Idosos, realizando um RAIO X sobre a qualidade de vida e as necessidades dos idosos, especialmente pós-pandemia.


“O Junho Violeta faz parte de um trabalho de conscientização da população para mostrar a importância de denunciar todo e qualquer tipo de violação dos direitos da pessoa idosa. Essa dura realidade de maus-tratos contra os idosos deve ser combatida. Precisamos garantir a dignidade e o respeito à pessoa idosa, promover ações, combater a violência contra idosos e defender seus direitos. Para isso, informação e denúncia são fundamentais”, destacou o deputado estadual Cobra Repórter (PSD).


O deputado lembra que quando se fala em violência contra os idosos, lembramos da violência física. Mas a violência contra os idosos tem muitas faces e se manifesta no cotidiano de várias formas, como o abandono, apropriação de bens, agressão verbal e agressão física. Estas são as principais violações contra a pessoa idosa registradas no Paraná.


O Governo do Estado, em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (Cedi), possui um canal de denúncia de maus-tratos contra os idosos: o Disque Idoso Paraná – 0800 141 0001 (ligação gratuita e sigilosa). De janeiro a dezembro do ano passado foram registradas 1994 denúncias. De janeiro a dezembro do ano de 2021, foram 1534.


O deputado lembra ainda que a população está envelhecendo. Segundo a Organização Mundial da Saúde, já são mais de 30 milhões de pessoas com 60 anos ou mais, ou seja, 13% da população do país. Em 2030, serão cerca de 50 milhões, ou 24% da população brasileira total. O Brasil está entre os 10 países da Região das Américas com a maior população de pessoas idosas.


AÇÕES – Lembrando ainda que o deputado Cobra Repórter é autor da lei que garante o “Botão do Pânico” para idosos em situação de violência doméstica e familiar. Além disso, apresentou o projeto de lei, que está em tramitação na Assembleia Legislativa, que cria a Força Tarefa de Defesa do Idoso, para a garantia dos direitos, prevenção e combate aos crimes contra os idosos.

18 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page