top of page

Deputado Cobra Repórter solicita rigor na investigação de idoso resgatado em condição de escravidão


Acesse a matéria na íntegra aqui!




O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Assembleia Legislativa do Paraná, enviou um ofício, nesta segunda-feira (15), para a delegacia da Polícia Civil (PC) de Foz do Iguaçu solicitando informações sobre o caso de um idoso, de 74 anos, que foi resgatado em condições análogas à escravidão.


“É inacreditável que a gente se depare com uma situação de um idoso ser resgatado desta forma: 74 anos, em condições análogas à escravidão! Segundo a polícia, o idoso trabalhava em uma obra há cerca de um ano e meio e nunca havia folgado, tirado férias e nem recebido os salários. Pedi rigor nas investigações e que mantenha esta Comissão informada das providências tomadas pelas autoridades policiais”, disse o deputado Cobra Repórter.


O CASO - O resgate foi feito durante uma operação da Polícia Federal com o apoio do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) na quarta-feira (10). A vítima disse que era submetida àquela condição, porque adquiriu contas no mercado do patrão.


De acordo com as autoridades, o trabalhador era submetido a situações degradantes de trabalho, jornada exaustiva e servidão por dívida. O empregador foi preso em flagrante e levado para a delegacia da Polícia Federal de Foz do Iguaçu.




Matéria redigida pela Assessoria de Imprensa do Deputado Estadual Cobra Repórter.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page